Todos os posts em Purpose


ㅤ ㅤ      A Billboard escolheu as maiores estrelas do Pop de cada ano, desde 1981 a 2019, e entre diversos nomes de peso elegeu Justin Bieber como o grande nome de 2016. Confira abaixo a matéria traduzida:

ㅤ ㅤ      Em 2015, Justin Bieber admitiu que seu single “Sorry” foi pelo menos “um pouquinho” sobre sua ex-namorada, Selena Gomez. Para fãs do Pop que não necessariamente se importavam sobre letras que acenassem em direção a romances de celebridade, o smash influenciado pelos salões de dança também funcionou como se construído como uma desculpa em geral para um romance acabado.“Sorry” ainda funcionou em um terceiro nível que não tinha nada a ver com amor: era o som do Bieber, um jovem galã originado do Youtube, implorando por perdão de uma jovem e massiva base de fãs que assistiram sua espiral pessoal por anos. Quando Bieber cantou “Sim, eu sei que te desapontei.”, ele estava se dirigindo a milhões de Beliebers.

ㅤ ㅤ      Bieber tinha motivos para pedir desculpas: após se tornar um nome de prestígio no começo da década de 2010, graças às faixas pop interpoladas como “Baby” e “One Less Lonely Girl”, uma corda firme de controvérsias — uma prisão por dirigir sob efeito de drogas, um crime de vandalismo, ameaças impetuosas de aposentadoria, o incidente infame do esfregão — descarrilou sua imagem pública pelo fim de 2014. “Where Are Ü Now“, uma colaboração com Diplo-Skrillex e Jack Ü, projeto da EDM, se tornou um hit inesperado no início de 2015 para Bieber e o apontou em direção a um frutífero som Pop-Tropical.

ㅤ ㅤ      Quando ele lançou seu projeto de comeback Purpose mais tarde naquele ano, Bieber estava queimando sua autoavaliação pública — “Eu estava perto de deixar a fama me destruir completamente.”, ele disse para a Billboard na época — e experiente em sua seleção de colaboradores, chamando Skrillex para dirigir múltiplas faixas, as em breve estrelas Travis Scott e Halsey como convidadas, e Ed Sheeran para coescrever uma faixa de mudança de tempo. As rádios Top 40, por sua parte, estavam mais que prontas para re-abraçar Bieber. Quem não ama uma boa história de regresso?

ㅤ ㅤ      Purpose, lançado em Novembro de 2015, completou aquela ascensão estilo fênix para o Bieber de 21 anos e definiu um 2016 massivo para a estrela do pop revigorada. Depois que o single principal “What Do You Mean?” se tornou o primeiro top do chart Hot 100 da carreira de Bieber em 2015, segue “Sorry” e acompanhado de Ed Sheeran, “Love Yourself“, que seguiu ao número 1 no ano seguinte. (Quando “Love Yourself” substituiu “Sorry” no topo da Hot 100 no dia 16 de Fevereiro, Bieber se tornou apenas o 12º artista de todos a suceder a ele mesmo no topo). “Love Yourself” representava um novo tipo de conquista para Bieber, como um beijo acústico para uma ex produção mínima e leves detalhes líricos. A faixa ficou no topo da Hot 100 de fim de ano da Billboard de singles de 2016, e rendeu a Bieber uma nomeação ao Grammy para Single Of The Year.

ㅤ ㅤ      Assim que 2016 continuou, a fase imperial de Bieber incluiu alguns hits top 5 a mais, como um artista acompanhado por titãs da EDM — primeiro na faixa de Major LazerCold Water” e então no hino dançante de Dj Snake “Let Me Love You“– smashes nas rádios dirigidos em grande parte pelo poder de sua estrela. Saindo em Março daquele ano, sua turnê mundial Purpose — em parceria com um rapper jovem em ascensão chamado Post Malone como atração de abertura — tocou em arenas, depois estádios. Bieber cancelou uma mão cheia de shows enquanto a turnê se espalhava no meio de 2017, citando depressão e exaustão; a caminhada de Purpose ainda assim trouxe cerca de 160 milhões de dólares apenas em 2016.

ㅤ ㅤ      Para Bieber, que mais uma vez recuou do mundo da música por alguns anos depois que a era Purpose foi concluída, sua dominância em 2016 era sobre mais do que uma narrativa satisfatória. “What Do You Mean?“; “Sorry” e “Love Yourself“, todas estiveram no topo da Hot 100 por casarem perfeitamente com a plumagem próxima à voz de Justin e melodia compreensiva com uma tensão de combustível Eletro-Pop que provou dificuldade para até mesmo seus mais firmes haters resistirem. Bieber continuou brincando com diferentes gêneros recentemente, tentando no Country-Pop para a colaboração com Dan+Shay “10.000 Hours” e mergulhando no R&B para seu seguinte LP de 2020, Changes, aguardado por muito tempo. Ele pode nunca retornar completamente para o som de Purpose, mas para uma corrida extensa no meio da década, ele efetivamente se desculpou, e continua a conquistar o pop.

Justin Drew Bieber é um cantor e compositor de música pop e R&B canadense. Em 2007, seus vídeos de apresentações covers foram vistas no YouTube por Scooter Braun, que tornou seu agente e o levou para a cidade de Atlanta, para reunir-se com o cantor Usher. Continue Lendo
Status do Site

Nome: Drew Access
URL: drewaccess.com.br
Desde: 26 de Julho de 2019
Webmasters: Lucas, Helena, Gabriela P., Leticia, Laura, Gabriela M.
Equipe+

Search

Categorias
Flaunt Adverstment
Drew Access Todos os direitos reservados